Fundação CSN lança programa para apoiar produção de documentários

agosto 22, 2011

A Fundação CSN lançou a primeira edição do programa Histórias que Ficam, que contam com recursos da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura e busca apoiar produções audiovisuais, revelando a diversidade da produção nacional. O programa irá selecionar quatro projetos inéditos, gênero documentário, com tema Memória. A iniciativa busca incentivar a participação de diretores que tenham realizado, no máximo, até um longa-metragem. Além de oferecer incentivo financeiro, com investimentos de até R$300 mil, o Programa Histórias que Ficam prestará consultoria durante todas as etapas de produção dos documentários. A consultoria contará com os trabalhos de diretores, roteiristas, produtores e montadores experientes, tais como Eduardo Coutinho, Marcelo Gomes, Luis Bolognesi, Daniela Capelato, Karen Harley, Guilherme Coelho, Leonardo Edde e Waldir Xavier. A seleção contemplará um projeto de cada região geográfica do país, sendo que o Norte e o Centro-Oeste, para o Programa, serão considerados como uma única região. Após as etapas, os documentários produzidos com recursos do Programa Histórias que Ficam participarão de um circuito de exibição itinerante, em praças públicas de diversas cidades brasileiras. Estão confirmadas projeções no Rio de Janeiro e em São Paulo. As inscrições devem ser feitas de 17 de agosto a 13 de outubro pelo site: http://historiasqueficam.com.br/
Fonte: Tela Viva
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: