22ª edição do Cine Ceará – Festival Ibero-Americano de Cinema abre inscrições

março 13, 2012

Evento acontece em Fortaleza de 1º a 8 de junho e premia curtas e longas-metragens

Estão abertas até o dia 31 de março as inscrições para a 22ª edição do Cine Ceará – Festival Ibero-Americano de Cinema, que acontece entre os dias 1 e 8 de junho, em Fortaleza.

O foco temático em 2012 são as lutas sociais na América Latina. Poderão participar da mostra competitiva trabalhos de curta-metragem realizados por produtores e/ou diretores brasileiros ou radicados no país há mais de três anos. As obras devem ter duração máxima de 20 minutos nos gêneros ficção, documentário, animação ou experimental. Os filmes devem ter sido concluídos a partir de janeiro de 2011. As obras do tipo longa-metragem que forem inscritas devem ter sido realizadas por produtores e/ou diretores ibero-americanos, tendo sido concluídas a partir de 2010 e com duração mínima de 70 minutos.

A seleção dos filmes e vídeos será feita por uma comissão nomeada pela direção do festival. A organização do festival se comunicará com os responsáveis pelos filmes e vídeos selecionados até 15 de abril de 2012. Os prêmios do concurso serão outorgados por dois júris: um para longa metragem e um para curta metragem. Serão eles que estabelecerão os critérios de trabalho em conjunto com a direção do 22º Cine Ceará.

O júri da Mostra Brasileira de Curta-Metragem concederá o troféu “Mucuripe” nas categorias melhor curta-metragem, melhor direção, melhor roteiro e melhor produção cearense, além do prêmioda crítica.

O júri da Mostra Ibero-americana de Longa-Metragem concederá o troféu “Mucuripe” para melhor longa-metragem, melhor direção,melhor fotografia, melhor edição, melhor roteiro, melhor som, melhor trilha sonora original, melhor direção de arte, melhor ator, melhor atriz e prêmio da crítica.

O Troféu “Mucuripe” ao melhor curta-metragem da Mostra ‘Olhar do Ceará’ será concedido por um júri formado por estudantes das universidades de Fortaleza. Os curtas-metragens cearenses inscritos no festival que estiverem de acordo com o regulamento e não forem selecionados para a Mostra Competitiva Nacional, serão submetidos a nova análise da comissão de seleção, específica para Mostra Olhar do Ceará.

O melhor longa-metragem do festival receberá um prêmio especial no valor de US$ 10 mil.

Em anos anteriores foram premiados com o troféu “Mucuripe” de  longa-metragem produções como “O último verão de La Boyita”, de Julia Solomonoff(Argentina/França/Espanha), em 2010,  e “O Guardião”, de Rodrigo Moreno (Argentina/França. Alemanha/Uruguai), em 2006. Já na categoria curta-metragem, receberam o troféu filmes como os  brasileiros “A Canga”, de Marcus Vilar, em 2001, e “Metalingüístico de Baixo Orçamento ou Aceita Mais Café?”, de Byron O’Neil, em 2005.

Mais informações na página oficial do evento.

 

Fonte: ANCINE

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: