8º Curta Ourinhos abre inscrições

março 30, 2012

Serão selecionados filmes para competição na Mostra Principal, Mostra Curta Ourinhos e na Mostra Infantil

Estão abertas até 30 de abril as inscrições para o 8º Curta Ourinhos, que acontece de 24 a 27 de outubro na cidade do interior paulista. Os filmes selecionados para a competição na Mostra Principal, Mostra Curta Ourinhos (Produção Local) e na Mostra Infantil, serão exibidos no Teatro Municipal Miguel Cury. Também acontecem mostras paralelas, com exibição de filmes em vários pontos espalhados pela cidade: escolas, associações de moradores e praças públicas.

As inscrições para o 8º Curta Ourinhos – Cinema é Diversidade são gratuitas. A comissão julgadora será composta por três profissionais de atuação no meio audiovisual, convidados pela organização do evento.

O evento concederá premiações para cada uma das três categorias no valor de R$ 2 mil, além do troféu Gato Preto. Serão oferecidos troféus aos melhores filmes eleitos pelo júri popular.

Em 2011, após a exibição de mais de 50 filmes em sessões no teatro municipal, em escolas, praças e associações de moradores, o 7º Curta Ourinhos premiou os melhores filmes escolhidos pelo júri popular e pelo júri oficial, formado pelos cineastas Rodrigo Grota e Andrea Tonacci e pela professora de cinema e diretora de arte Carolina Moura.

Como melhor filme da Mostra Principal o público escolheu o curta “Bingo”, da diretora Jéssica Lopes, da cidade de Santos. Na categoria melhor filme da Mostra Curta Ourinhos, foi escolhido “O enigma da floresta”, do diretor Alex Sampaio. Segundo avaliação do público, o curta “Memórias de meu tio”, de Alexandre Rafael Garcia e Álvaro Zeini Cruz, de Curitiba, foi o melhor filme da Mostra Infantil.

Já para o júri oficial, o melhor filme da Mostra Infantil foi “Cores e botas”, de Juliana Vicente, de São Paulo.  Na categoria Produção Local, venceu o filme “Papéis trocados”, de Isabela Cavezali. Já na categoria melhor filme da Mostra Principal, foi escolhido o filme “Tempo de criança”, de Wagner Novaes, do Rio de Janeiro.

O júri oficial concedeu ainda menções honrosas às animações “Tempestade”, de César Cabral (Santo André), “Céu, inferno e outras partes do corpo”, de Rodrigo John (Porto Alegre) e ao documentário “Escola de Bambu”, de Vinícius Zanotti (São Paulo).

Mais informações através da página oficial do evento.

 

Fonte: ANCINE

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: