Veja a participação brasileira no Festival de Cannes 2012

abril 25, 2012

“Na Estrada”, de Walter Salles e coprodução brasileira, concorre à Palma de Ouro

‘O filme “Na Estrada” (“On the Road”, no original em inglês), do diretor brasileiro Walter Salles, está na seleção oficial e concorre à Palma de Ouro no Festival de Cannes, que começa no dia 16 de maio. A obra, coprodução da França com participação minoritária do Brasil, está baseada no clássico beatnik “Pé na estrada”, de Jack Kerouac, e conta a história de Sal Paradise (Sam Riley), sujeito que vive em Nova Jersey e conhece um indivíduo de Denver, Dean Moriarty (Garrett Hedlund). Dean e Sal se aproximam e decidem conhecer os Estados Unidos.

A atriz Kristen Stewart faz Marylou, esposa de Dean. Kirsten Dunst, Steve Buscemi, Amy Adams, Viggo Mortensen e Alice Braga também estão no elenco. O diretor Walter Salles comentou a indicação: “’Na Estrada’ é um projeto para o qual um grupo de pessoas, muitas delas vindas da família de “Diários de Motocicleta”, dedicou sete anos de suas vidas. O fato de o filme ter sido selecionado na mostra principal do Festival de Cannes é um prêmio para os jovens atores e técnicos que deram tanto ao filme. Rodamos mais de 100 mil km para filmá-lo, e isso dá uma ideia da aventura que vivemos”.

Além de “Na Estrada”, a coprodução da Colômbia com participação minoritária do Brasil “La Playa”, de Juan Andres Arango, também estará presente no festival. O filme, que participa da mostra Um Certo Olhar, trata das migrações de negros do litoral do país para a capital do país, Bogotá, tradicionalmente conservadora e com uma elite branca.

A 65ª edição do Festival de Cannes terá o cinema Brasil como presença de honra. “A música segundo Tom Jobim”, de Nelson Pereira dos Santos será exibido em uma sessão especial. Mais filmes brasileiros serão exibidos no festival. O anúncio das obras que participam da sessão será feito junto ao da programação das mostras Cannes Classics e Cinema na Praia, até o final de abril.

O Brasil também está nas competições paralelas. A Quinzena dos Realizadores terá dois curtas brasileiros em competição: “Porcos Raivosos”, de Leonardo Sette e Isabel Penoni, e  “Os Mortos-vivos”, de  Anita Rocha da Silveira. A coprodução Brasil, Espanha e Argentina, “Infancia Clandestina”, longa-metragem dirigido pelo argentino Benjamin Ávila, também está entre os selecionados. Já a Semana da Crítica de Cannes escolheu o curta-metragem “O Duplo”, de Juliana Rojas, para competir.

Fonte: ANCINE

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: