ANCINE coloca em Consulta Pública minuta de IN sobre penalidades

junho 19, 2012

Agentes do mercado poderão apresentar sugestões sobre o texto até 17 de julho

A ANCINE colocou nesta segunda-feira, 18, em Consulta Pública a minuta de Instrução Normativa que estabelece o procedimento administrativo para aplicação de penalidades por infrações cometidas nas atividades cinematográfica, videofonográfica e de comunicação audiovisual de acesso condicionado. O texto ficará em Consulta Pública até 17 de julho.

Leia o texto integral da proposta de IN de penalidades e seus anexos, além daexposição de motivos. A publicação de uma nova Instrução Normativa sobre penalidades decorre da necessidade de adequação dos procedimentos da ANCINE às aceleradas mudanças por que vem passando o mercado audiovisual brasileiro nos últimos anos, bem como ao impacto provocado pelas Leis 11.437/2006,12.485/201112.599/2012 e pelo Decreto nº 6.590/2008, que tornaram obsoleta a IN 30/2004, atualmente em vigor, que trata do mesmo tema.

O Capítulo 2 da proposta de IN define as penalidades administrativas referentes à MP 2.228-1/2001 e à Lei 11.437/2006, quais sejam, advertência e multa. Já o Capítulo 3 determina as penalidades decorrentes de infrações à Lei 12.485/2011 por parte das empresas que exercem atividades de programação ou empacotamento da comunicação audiovisual de acesso condicionado, que estarão sujeitas às seguintes sanções:  advertência; multa, inclusive diária; suspensão temporária do credenciamento; e cancelamento do credenciamento.

Além das alterações necessárias ao atendimento das novas obrigações legais, foram levados em conta na formulação do texto os objetivos institucionais da ANCINE, tais como o aumento da competitividade e a promoção da auto-sustentabilidade da indústria audiovisual brasileira. Destaca-se a possibilidade de reparação voluntária e eficaz, capaz de afastar a sanção caso haja correção tempestiva do dano causado; a faculdade de parcelar multas administrativas, de modo que a sanção possa ser executada de forma menos onerosa; e a previsão de infração continuada, que, sob certas condições, agrega mais de uma conduta sob uma mesma infração, gerando uma penalidade menos gravosa.

 

Fonte: ANCINE

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: