Divulgados vencedores do Edital Brasil-Uruguai

junho 19, 2012

Coproduções receberão apoio financeiro da ANCINE e do ICAU

Foi divulgada nesta segunda-feira, 18 de junho, a ata com a relação final dos projetos vencedores do Edital Brasil-Uruguai, no âmbito do Protocolo de Cooperação entre o Instituto do Cinema e do Audiovisual do Uruguai – ICAU e a Agência Nacional do Cinema – ANCINE. Os escolhidos foram os longas-metragens “Mulher do Pai”, de Cristiane Oliveira, e “Os Inimigos da Dor”, de Arauco Hernández.

Os projetos foram selecionados em reunião da Comissão Binacional de Seleção realizada no Rio de Janeiro, em 5 de junho, com a presença de todos os seus membros: Eduardo Valente, assessor internacional da ANCINE, e Pedro Butcher, crítico de Cinema e editor do Portal Filme B, representando o Brasil; Inés Peñagaricano, coordenadora de fomento do ICAU,  e  Alejandra Trelles, gerente de programação da Cinemateca Uruguaia, representando o Uruguai.

“O objetivo desse edital é promover e desenvolver a atividade cinematográfica e a cooperação entre os dois países”, afirmou o diretor-presidente da ANCINE, Manoel Rangel. “Trabalhamos numa perspectiva de trocas culturais e ampliação do horizonte da criação artística, mas também com a expectativa de melhorar as condições de financiamento e a participação de mercado dessas obras.”

Os criterios de seleção foram a qualidade técnica e artística do projeto; a relevância do para o incremento da integração entre as indústrias cinematográficas dos dois países envolvidos; e a relevância da participação técnica e artística nacional do país minoritário na coprodução.

“Mulher do Pai”, com direção de Cristiane Oliveira, foi apresentado por Godelir S.A., com Okna Produções Culturais Ltda. na qualidade de coprodutora majoritária brasileira. Esse projeto receberá um montante em pesos uruguaios equivalente a 100 mil dólares, outorgado pelo ICAU à empresa coprodutora minoritária uruguaia; e um montante equivalente em reais a 50 mil dólares, outorgado pela ANCINE à empresa coprodutora majoritária brasileira.

A ação do filme se dá numa pequena comunidade próxima à fronteira do Brasil com o Uruguai, mostrando como uma relação entre pai e filha se transforma: Rubem, um homem de 40 anos que ficou cego ainda jovem; e Nalu, uma adolescente de 16 anos que está se tornando mulher. Um conflito se estabelece quando Catarina, uma atraente uruguaia, ganha espaço na vida de Ruben e Nalu.

Como projeto suplente na categoría de coprodução majoritária brasileira foi indicado “Mãos de Cavalo”, apresentado por Coral Cine SRL, na qualidade de coprodutora minoritária uruguaia.

“Os inimigos da Dor” (“Los Enemigos del Dolor”), com direção de Arauco Hernández, foi apresentado por Primo Filmes, tendo a Cordón Films na qualidade de coprodutora majoritária uruguaia. Esse projeto receberá um montante equivalente em reais a 150 mil dólares, outorgado pela ANCINE à empresa coprodutora minoritária brasileira. O filme conta a história de um ator alemão que chega a Montevidéu no último verão do último milenio, em busca da mulher que o abandonou, e se envolve com uma série de personagens excéntricos.

Como projeto suplente nessa categoría foi indicado “Zanahoria”, apresentado por Cinema Contágio, na qualidade de coprodutora minoritária brasileira.

Veja a íntegra da Ata de Resultado do Edital Brasil-Uruguai da ANCINE.

 

Fonte: ANCINE

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: