45ª edição do Festival de Brasília divulga vencedores

setembro 26, 2012

Troféu Candango de melhor longa de ficção foi dividido entre os pernambucanos “Era uma vez eu, Verônica” e “Eles voltam”

Na noite da segunda-feira, dia 24, em cerimônia na Sala Villa-Lobos do Teatro Nacional, em Brasília (DF), mesmo local que abriu as exibições do 45º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, foram anunciados os vencedores das categorias competitivas, cujos prêmios somados valem mais de R$ 635 mil.

Os filmes das mostras competitivas foram avaliados pelo júri, e os vencedores foram contemplados com prêmios em dinheiro. Na categoria longa-metragem de ficção, os vencedores foram dois pernambucanos: Era uma vez eu, Verônica” e “Eles voltam”, de Marcelo Gomes e Marcelo Lordello, respectivamente. Já o longa-metragem documentário vencedor foi “Otto”, de Cao Guimarães. O prêmio de melhor direção de ficção ficou para Daniel Aragão com “Boa sorte, meu amor”, e Petra Costa levou a melhor direção de documentário por “Elena”.

Quanto à disputa dos curtas-metragens, os vencedores principais foram: “Vestido de Laerte” de Cláudia Priscilla e Pedro Marques (melhor curta de ficção); “Guerra dos gibis” de Thiago Brandimarte Mendonça e Rafael Terpins (melhor curta documentário) e “Valquíria” de Luiz Henrique Marques, (melhor curta de animação). Os prêmios de Melhor Direção foram para Liliana Sulzbach com o documentário “A Cidade”, e para Eduardo Morotó, Marcelo Martins Santiago e Renan Brandão com a ficção “Eu nunca deveria ter voltado”.

O júri popular concedeu os prêmios de melhor longa-metragem de ficção para “Era uma vez eu, Verônica” e melhor longa documentário para “Elena”. Já entre os curtas, o público elegeu “A mão que afaga” como melhor ficção, “A ditadura da especulação” como melhor documentário e “O Gigante” como melhor animação.

Outras premiações foram concedidas por ocasião do Festival de Brasília, como o Troféu Câmara Legislativa do Distrito Federal, Prêmio Aquisição Canal Brasil, Prêmio da Crítica (Júri ABRACINE), Prêmio Marco Antônio Guimarães (para o filme com o melhor uso de material de pesquia), prêmio Conterrâneos, Prêmio ABCV, Prêmio Troféu Saruê e prêmio Vagalume. Veja a lista completa dos vencedores no site oficial do 45º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro.

Neste ano, mais de setenta filmes foram exibidos no festival, que contou com mostras competitivas e não-competitivas, além de eventos paralelos, debates e seminários.

 

Fonte: ANCINE

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: